O Espírito Santo na família

A realidade do Espírito Santo é tudo o que necessitamos para ter uma família santa e vitoriosa.

Andrew Murray

Porque para vós é a promessa, e para os vossos filhos…”.

Atos 2:39.

No Antigo Testamento vemos com frequência expressões nas quais os pais e os filhos são vinculados como companheiros nos pactos e as bênçãos de Deus: «Tu e a tua casa», «Tu e a tua descendência», «Eu e a minha casa», «Tu e teus filhos».

Expressões como estas revelam o maravilhoso vínculo que converte à família em apenas uma unidade aos olhos de Deus. E, graças a Deus, a mesma expressão é encontrada também no Novo Testamento: «Tu e teus filhos». Em nenhum outro lugar poderia ter um significado maior que no texto acima citado.

No dia de Pentecostes, a igreja de Cristo, que acabava de nascer por meio da ressurreição de Jesus dentre os mortos, recebeu o batismo no Espírito Santo e ouviu esta palavra: «Para vós é a promessa, e para os teus filhos». Todas as bênçãos da nova dispensação e do ministério do Espírito foram garantidas também para os filhos.

«Para vós é a promessa, e para os teus filhos». A promessa é do Espírito de Jesus glorificado, em toda a sua plenitude, no batismo de fogo e de poder. Quando somos batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, estamos confessando a nossa fé na Santa Trindade, e no Espírito Santo. Não apenas como um com o Pai e com o Filho, mas como sendo a Terceira Pessoa, trazendo a plena e perfeita revelação da glória divina.

Tudo o que foi prometido por Deus no Antigo Pacto, tudo o que foi revelado e devotado para nós da graça divina em Jesus, o Espírito Santo veio para implantá-lo e convertê-lo em nossa propriedade. Por meio dele, todas as promessas de Deus são cumpridas, toda a graça e a salvação em Cristo passam a ser uma experiência e uma posse pessoal. A palavra de Deus chama, os nossos filhos, de: os filhos da promessa. É especialmente desta promessa do Espírito Santo que são herdeiros. E o segredo para educar os filhos nos caminhos de Deus é criá-los na fé e na expectativa do cumprimento desta promessa.

Dependência do Espírito para treinar os filhos

Com fé na promessa, precisamos aprender a considerar a ajuda e a presença do Espírito no treinamento diário dos filhos como absolutamente necessários e imprescindíveis. Mas, não é só isso: a operação do Espírito em nosso lar nos é garantido pela promessa.

Em todas as nossas orações por eles, na vida diária e nos cultos familiares, precisamos aprender a esperar a operação direta do Espírito Santo e a depender dela. Desta forma, os educaremos na função do cumprimento da promessa, de tal forma que a vida deles, ainda mais que a nossa, seja, desde a juventude, vivida no poder do Espírito; santa ao Senhor.

Esta ideia de treinar os filhos todos os dias na dependência da presença do Espírito Santo, com a expectativa de que ele venha para encher a vida deles, parece muito estranha e elevada para algumas pessoas – totalmente impraticável. A razão de pensar assim é simplesmente porque ainda não aprenderam a considerar a habitação do Espírito em nós como essencial para uma vida cristã autêntica.

Somente quando os pais reconhecem que é impossível viver conforme o desejo de Deus sem o toque do Espírito para guiá-los no dia a dia, é que eles terão a capacidade de crer plenamente na promessa a favor dos seus filhos. Só assim conseguirão converter-se em ministros do Espírito para a sua família. Oh, que a igreja de Cristo compreenda o lugar e o poder que o Espírito de Deus deve ter em cada crente e em cada lar cristão!

Influência poderosa

«Para vós é a promessa, e para os vossos filhos». Assim como na vida natural, também na graça vocês e seus filhos foram intimamente vinculados para o bem ou para o mal. Física, intelectual e moralmente, eles participam de sua vida. Espiritualmente pode ser assim também. O dom do Espírito e de sua operação bondosa para com vocês e para com eles não são dois atos distintos e separados; pelo contrário, é em vocês e por meio de vocês que também chega a eles. A vida e a influência diária dos pais é o canal que ele utiliza para alcançar os filhos com sua vivificação e graça que santifica.

Se você estiver tranquilo com o pensamento de que já foi salvo e não está procurando ser realmente cheio do Espírito; se sua vida segue sendo mais carnal que espiritual; se você tiver mais do espírito do mundo que do Espírito de Deus, não se surpreenda se seus filhos crescem sem converter-se de verdade. Será apenas um resultado natural e lógico. Você está obstaculizando a ação do Espírito Santo. Você infunde neles, dia a dia, o espírito do mundo. Pode ser de maneira inconsciente, mas a sua influência os está dirigindo com grande eficácia à religião humana, em harmonia com o espírito do mundo, em lugar de inspirá-los para a vida de Deus, no poder do Espírito Santo enviado do céu.

A promessa é para vocês, e para os teus filhos. Apesar da influência errada dos pais, a bênção pode até alcançar os filhos por meio da fé de outros; no entanto, os pais não têm nenhuma garantia disto, a menos que se entreguem ao Senhor e se convertam num canal para levar a vida verdadeira a eles. Se ainda não somos despertados por nenhum outro fator, que Deus permita que o nosso amor de pais nos faça ver que nada menos que a plenitude do Espírito Santo nos permitirá ganhá-los para Deus.

A poderosa promessa de Deus

A promessa é para vocês e para os teus filhos. É muito comum considerar a promessa de Deus como mera palavra ou pensamento – algo que não tem poder até que nós, da nossa parte, façamos aquilo que é necessário para torná-la eficaz.

Não reconhecemos que a palavra de Deus tem em si mesmo um poder vivo e de grande alcance, uma semente divina que somente precisa ser escondida e ser preservada no coração para gerar a fé capaz de trazer o cumprimento maravilhoso da promessa.

Quando Deus dá uma promessa, isto significa que ele, em seu infinito poder, comprometeu-se para cumprir o que ele disse, e que ele certamente fará isto logo que tomemos posse dela pela fé. Neste caso, a promessa significa que o Espírito Santo de Deus já é nosso, com toda a sua graça capaz de nos vivificar, nos santificar e nos animar; ele só está esperando para vir e converter-se, em nosso lar e em nossa vida diária, em tudo o necessitamos para ter uma família santa e vitoriosa.

Não importa quão distante o nosso lar esteja do ideal de Deus e quanto pareça ser impossível, com nossas circunstâncias e dificuldades, mudá-lo; se apenas nos refugiarmos na promessa, nos apegando a ela por meio da oração de fé, Deus mesmo se encarregará de cumpri-la.

Uma promessa requer duas coisas: aquele que está recebendo precisa crer e tomar posse dela, e quem está fazendo a promessa precisa cumpri-la e torná-la real. Que nossa atitude seja de fé simples e confiada em Deus, a favor de nós mesmos e de nossos filhos, contando com a certeza da promessa: Deus é fiel e certamente ele a cumprirá.

Corações e lares cheios da presença do Espírito

Amados companheiros, pais e mães, nos humilhemos e reconheçamos que nossa vida familiar ainda não comprovou a verdade e a glória desta promessa. Confessemos com vergonha quão carnais são ainda os nossos corações, cheios do espírito do mundo e não do Espírito de Deus.

Abramos o coração para aceitar a promessa de Deus como algo que tem o poder divino de vivificar e de gerar, por si mesmo, exatamente o estado da mente que Deus requer para poder cumpri-la.

Consideremo-nos a nós mesmos como ministros do Espírito Santo, escolhidos por Deus para preparar e treinar os nossos filhos desde a sua infância sob influência dela, e nos rendamos totalmente a sua ação e direção.

Treinar corretamente a um filho significa prepará-lo como templo do Espírito Santo, significa viver, nós mesmos, no poder do Espírito. Que nenhum sentido de incapacidade ou de debilidade nos desanime: «Para vós é a promessa, e para os vossos filhos». Ponhamos a nossa vida como pais sob a direção do Espírito Santo, pois só podemos ser para os nossos filhos aquilo que realmente somos para Deus.

Que o Espírito de louvor e de ações de graça nos encha incessantemente, porque Deus nos concedeu a maravilhosa graça de fazer, de nossa vida familiar, a esfera para a ação especial do seu Espírito.

Nossa oração constante e nossa expectativa confiada são que, pelo poder do Espírito Santo enviado do céu, nosso lar aqui seja cada vez mais semelhante ao lar celestial, do qual devemos ser a imagem e para o qual queremos ser a preparação.

Tirado do The Children for Cristo (Os Filhos para Cristo).

Design downloaded from free website templates.