A pedra ferida

O Senhor Jesus é a pedra que os edificadores desprezaram, a qual Deus converteu na principal pedra de esquina da sua edificação (Mat. 21:42). Uma pedra angular é a pedra que sustenta um edifício, a que lhe dá consistência e firmeza.

Quando Israel caminhava no deserto, e teve sede, Deus lhes deu de beber de uma Rocha. Contra toda lógica, a provisão do vital líquido não proveio de uma fonte de um oásis, mas sim de uma rocha, de uma rocha que os seguia (1ª Cor. 10:4). Esta rocha foi ferida com a vara por Moisés, para significar dessa maneira que o Filho de Deus também seria ferido (Ex. 17:6). Deus estava anunciando assim que daria de beber ao mundo por meio do seu Filho ferido na cruz.

Mas não só ali. O Senhor Jesus foi ferido desde o primeiro dia que habitou no mundo, pois o mundo não o recebeu. Bem no início Herodes quis destruí-lo; e assim durante toda a sua vida foi hostilizado, até que finalmente, na cruz do Calvário, o seu corpo foi ferido numa multidão de partes, para que dela emanasse a bendita água da vida. O ato de Moisés ao bater na Rocha foi como uma profecia perfeitamente cumprida em Cristo.

No entanto, não só a pedra angular do edifício de Deus é uma pedra ferida; os homens e mulheres que são postos sobre ela também o são. «Aquele que cair sobre ela será quebrantado…», disse o Senhor (Mat. 21:44). Tal como é Cristo, os que são de Cristo também. A edificação de Deus conforma uma pedra ferida em sua base, e muitas pedras feridas em sua superestrutura.

Estas são as pedras vivas de que fala o apóstolo Pedro. Se estivermos vivos para Deus, se tivermos de ser contados para a edificação de Deus, temos que receber os mesmos tratamentos que recebeu o nosso Senhor – embora em um grau imensamente menor do que ele. Homens e mulheres quebrantados, como aquele “varão de dores, experiente em sofrimentos…” (Is. 53:3). Homens e mulheres parecidos com aquele precioso Varão no qual Deus tem perfeito contentamento.

Uma Pedra ferida. Que maravilhoso contraste! Que precioso paradoxo! A firmeza de uma rocha e a fragilidade da ferida. A solidez de uma pedra angular convertida em bebedouro de vida. Essa assombrosa mescla assombrou o mundo, e não só a eles – também aos que por estes dias são quebrantados para ser como ele.

Diseņo descargado desde plantillas web gratis y profesionales.