Alguns segredos de Mateus

Um homem de poucas palavras. De fato, nunca lhe ouvimos falar de si mesmo. Algumas vezes na Bíblia diz: "Os discípulos disseram...". Talvez Mateus seja um deles; entretanto, a Bíblia nunca o menciona claramente dizendo alguma coisa. Então, a impressão é evidente: este homem não tem palavras, é como se nunca tivesse falado nada. Entretanto, quando abre sua boca, ele fala a Palavra de Deus. Este é seu evangelho. Por si mesmo, Mateus não tem nada que dizer; entretanto, quando registra as palavras do Senhor, seu evangelho é o mais extenso dos quatro.

Algumas vezes, seu computador se torna muito lento. Por quê? Porque há muito lixo que é necessário tirar. Se quiser que seu equipamento seja mais eficiente, deve eliminar muitas coisas. Do mesmo modo, não atendemos à Palavra, porque falamos demasiadamente. Há muito lixo em nós; então o Espírito Santo tem que apagar aquilo. Eis aqui o segredo de Mateus.

Conheceu o dom de Deus. Seu nome original não era Mateus; este é o nome que lhe deu nosso Senhor. Mateus significa "O dom de Deus". O que é o dom de Deus? Um dom não se adquire por dinheiro; é algo dado gratuitamente.

Ninguém conhecia mais do poder do dinheiro que Mateus. Com seu dinheiro, ele era capaz de comprar todo o mundo. Às vezes somos ricos porque trabalhamos muito; e depois de muito trabalhar obtemos um ganho. Mateus trabalhava duro. Queria ganhar todo o mundo, e para fazê-lo empregava qualquer método. Entretanto, o Senhor lhe ensinou a conhecer o dom de Deus.

Mateus pôs toda a Palavra de Deus em ordem. Por quê? Porque se esvaziou de si mesmo. Somente o dom de Deus, todos os dias, vai passar o apagador em nossa memória e eliminar o lixo. Mateus aprendeu a lição. Só reconhecendo o dom de Deus permitiremos que a obra da cruz elimine tudo o que não é necessário, e teremos todo o espaço para o Senhor.

O homem da Palavra. No coração de Mateus sempre está a Palavra em primeiro lugar. Esse é seu ministério; sua ênfase está no ensino e na palavra do Senhor. Ao revisar seu evangelho, é evidente que sua carga era a Palavra. Três de cada cinco palavras, quer dizer, 60%, são palavras diretas de nosso Senhor Jesus Cristo. Indubitavelmente, todo o livro de Mateus é a Palavra de Deus, mas se desejamos conhecer as palavras diretas de Cristo, em 60% dos 28 capítulos vemos que a ênfase em Mateus é a Palavra.

Também descobrimos uma coisa muito interessante quando ele descreve o mesmo feito que outro evangelista. Por exemplo, onde Marcos usa três palavras, Mateus usa uma só. Economizam-se duas palavras. Ele guarda espaço para a Palavra de Cristo. Mateus permite ao Espírito Santo eliminar tudo o que pertence a ele mesmo. Ele é um homem sem palavras, mas quando fala, mesmo quando relata da obra de Cristo, o Espírito Santo lhe faz dar mais lugar à Palavra de Cristo. Damos graças a Deus por Mateus. Ele nos dá uma maravilhosa lição que podemos aprender.

(Christian Chen, "Entrando nas riquezas da Palavra").

Diseņo descargado desde plantillas web gratis y profesionales.