Tapetes tecidos por Deus

A vida dos filhos de Deus pode ser comparada a uma tapeçaria tecido por Deus. Nessa tapeçaria há um desenho, há formas, cores, fios que se entrecruzam para conformar um todo acabado e perfeito.

Nas vidas dos três maiores apóstolos –Pedro, Paulo, e João– podemos ver este desenho. Muitas das coisas ocorridas em suas vidas certamente não tinham explicação no momento presente, mas depois eles puderam ver as razões de Deus. Todas elas tinham o propósito de quebrantá-los para que chegassem a ser vasos "útil para toda boa obra", e que expressassem o caráter do seu Mestre.

Pedro, o pescador de homens, foi quem lançou primeiro as redes para pescar homens para o Reino. Pedro ficou marcado pela revelação de Cesaréia de Filipos, a respeito de Jesus, como "o Cristo, o Filho do Deus vivo". Esta revelação tinha que ser o fundamento sobre o qual seria edificada a igreja. Pedro era uma pedra, mas esta revelação de Jesus Cristo era a Rocha, quer dizer, o Cristo revelado pelo Pai. Mais tarde, em sua primeira epístola, Pedro se referirá a isto mesmo ao dizer: "Achegando-vos para ele, pedra viva ... vós também, como pedras vivas, sois edificados como casa espiritual e sacerdócio santo..." (1ª Ped. 2:4-5).

Quanto ao seu caráter, sendo por natureza impulsivo e veemente, dono de sua vontade, na hora de sua morte deveria ceder a sua vontade para outros, segundo as palavras do Senhor para ele: "Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá, e te levará para onde tu não queiras. E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus" (João 21:18-19).

Em Paulo, o construtor de tendas chamado para edificar a igreja de Deus, vemos como o perseguidor e encarcerador dos cristãos chegou ele mesmo a ser açoitado e encarcerado muitas vezes. Viveu os seus últimos dias no cárcere, onde recebeu e escreveu as maiores revelações que lhe foram dadas. Dali escreveu para Timóteo, já ancião e provavelmente doente, que lhe fosse ver com urgência, antes do inverno (2ª Tim. 4:9, 21).

O apóstolo João era o mais jovem dos Doze, e, no entanto, chegou a ser o mais velho. Tendo sido de caráter iracundo ("Filho do trovão"), foi transformado até ser o mais delicado e terno de todos. As suas melhores páginas foram dedicadas para escrever sobre o amor. É o único dos apóstolos que usa a palavra "amigos" (3ª João 15), escutadas pela primeira vez enquanto estava recostado sobre o Senhor naquela triste noite (João 15:14-15). Como restaurador ("remendava as redes" quando foi chamado), João tornou a pôr o fundamento primeiro da igreja, tanto em seu Evangelho como em suas epístolas, especialmente a primeira, que é a revelação de Jesus como o Cristo, o Filho de Deus.

Três vidas perfeitamente tecidas, harmonizadas por Deus. Muitas vezes, no presente não vemos o desenho de Deus, vemos só pontos, fios cortados, traços desconexos. Mas o Tecedor habituado, magistral, sabe o que está fazendo.

Diseņo descargado desde plantillas web gratis y profesionales.